Benefícios do consumo de mamão e mel

novembro 23, 2012 − criado por ecoas − em Benefícios do mel − 2 comentários

O Mamão é uma excelente fruta, pois além de obtermos seus benefícios nutricionais ainda podemos desfrutar de suas propriedades terapêuticas. Pode ser encontrado durante todo o ano além de dispor de diversas variedades. Essa fruta é rica em vários sais minerais: cálcio, ferro, sódio, potássio e fósforo, além de vitaminas como vitamina A e C. Além dos benefícios já citados anteriormente, a propriedade terapêutica do mamão mais conhecida é o seu efeito laxante, que combate a prisão de ventre. Podemos destacar também a capacidade que essa fruta tem de atuar no aparelho digestivo de quem apresenta azia e gastrite.

O Mel além de saboroso e altamente nutritivo é um alimento muito apreciado em diversas civilizações desde os tempos mais remotos. Por ser rico em carboidratos, vitaminas do complexo B, C, E, D e sais minerais, seu consumo é altamente benéfico, atuando como um revigorante físico e auxiliando o organismo no combate ao cansaço físico e mental, também sendo indicado para o tratamento da anemia. Apresenta em sua composição altos teores de Cálcio, Ferro, Fósforo, Potássio, além de flavonoides, que são antioxidantes responsáveis pelo processo de renovação celular, além de auxiliar no combate ao envelhecimento precoce.

A atuação do mel no organismo é benéfica nos processos de auxilio na prevenção de doenças como a osteoporose. Estudos mostram que o consumo do mel previne doenças do coração e pulmões. Apresenta propriedade antisséptica de forma que atua também como cicatrizante. A associação do mel com mamão além de saboroso se torna uma combinação perfeita por associar todos os nutrientes contidos em ambos, promovendo uma alimentação saudável e nutritiva.

Drª Viviane A. Porto da Silva
Nutricionista.





2 comentários

  1. Antonio Ferreira da Silva
    16 de março de 2016 14:51

    Gostaria de saber para quem tem diabete baixo, pode comer mamão com mel ou uma colher de mel em jejum?

    • Olá Antônio, antes de mais nada, é preciso esclarecer que somente um nutricionista pode prescrever a dieta ideal para quem sofre com o diabetes. Ao receber o diagnóstico da doença, é importante que a pessoa procure um especialista, tire suas dúvidas e explique sobre seus hábitos alimentares. Dessa forma, o profissional da nutrição poderá elaborar um cardápio adequado, bem como tentar manter alguns dos alimentos preferidos do paciente, desde que em pequenas quantidades.
      Assim, o consumo de mel por diabéticos deve ser acompanhado pelo nutricionista. Em alguns casos, o diabético poderá usá-lo no preparo de alguns alimentos, seguindo as recomendações de quantidade estabelecidas pelo especialista. Tudo irá depender dos níveis da glicemia no sangue e também do tipo de diabetes apresentado pelo paciente.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*